O EVENTO

Protagonismo docente: resistência/existência no ensino de LE

 

Sempre atentos às demandas contextuais para formação docente dos profissionais de Letras – Línguas Estrangeiras, a Comissão Organizadora do SELLES 2018, volta-se para o Professor de Língua Estrangeira, de modo a celebrar o protagonismo dessx profissional que, por vezes, aparece como coadjuvante mesmo quando se deseja evidenciar sua importância no processo de ensino ou ainda na configuração do sistema educacional.

 

Inscrições – Inscrições VI SELLES

Normas para submissão e apresentação de trabalhos – PDF

Modelo de Resumo Expandido – PDF

 

29/10/2018 (segunda-feira)

Tarde

LOCAL: Sala de reuniões ao lado do colegiado de Letras

13h – Credenciamento

 

LOCAL: Auditório Central Jurandyr  Oliveira

13:30 – 14:30 – Abertura Institucional

Mestre de Cerimônia:

 

LOCAL: Se inicia no Auditório Central Jurandyr  Oliveira

14:30 – 17:30 – Momento Babel: Time for Talking e Conversations Croisées

Esta atividade tem o objetivo de proporcionar uma explosão linguística cultural, em língua estrangeira. Xs participantes experenciarão um momento de imersão cultural através das línguas inglesa e francesa, onde atividades elaboradas serão aplicadas para que todxs possam se integrar e praticar suas habilidades linguísticas em um novo formato.

 

30/10/2018 (terça-feira)

Manhã

09h às 12h: Minicursos/Oficinas

Découverte de langue française – Profa. Me. Jacilene Moura e Profa. Esp. Lucila Carneiro

O minicurso  de língua francesa, aberto a toda comunidade acadêmica, não requer nenhum requisito e  tem  duração de quatro horas. Tem como objetivo geral a apropriação dos atos de fala básicos da língua francesa.  Assim, ao término deste curso, o aluno saberá cumprimentar um amigo, falar de si, do seu trabalho e da sua família. Em pequenos grupos, essa apropriação se fará a partir de dinâmicas que favorizam o  desenvolvimento da expressão e compreensão orais da língua francesa numa abordagem acional.

A linguística como ciência da linguagem/língua – Profa. Drnda. Fernanda Cerqueira

Embora a linguagem humana tenha despertado, ao longo da história, interesse de diversas sociedades, apenas na passagem do século XIX para o século XX, os estudos da linguagem adquiriram caráter cientifico. A medida que a Linguística estabeleceu seu objeto teórico de investigação, consolidou as bases para fundamentação da Linguística Moderna. Com base no exposto, o presente minicurso tem como objetivo apresentar os principais preâmbulos da consolidação da Linguística como ciência, assim como estabelecer as concepções de linguagem/língua das principais teorias linguísticas contemporâneas.

 

Tarde

LOCAL: Auditório Central Jurandyr Oliveira

13:30 – 14:30 – Conferência de abertura

14:30 – 15h – Momento cultural (teatral)

15h – 17:30 – Mesa redonda

– Aprender e ensinar línguas como gesto político: o caso de vozes femininas e decoloniais da América Latina – Profa. Dra. Márcia Paraquett

O tratamento de fenômenos linguísticos em aulas de LE: que posturas o professor deve assumir? – Prof. Me. Ângelo Sampaio

– Eu penso, logo reflito? – A prática reflexiva na formação de professores de LE. – Profa. Dra. Letícia Telles

LOCAL: Auditório Central Jurandyr  Oliveira

17:30: Happy hour

 

31/10/2018 (quarta-feira)

Manhã

09h às 12h: Minicursos/Oficinas

Tradução audiovisual e acessibilidade: o caso da audiodescrição – Profa. Drnda. Bárbara Carneiro e Profa. Me. Jéssica Carneiro

Com o advento do cinema falado, houve a necessidade se entender e saber o que acontecia nas produções dessa arte que atinge todas as pessoas, independente de idade, sexo e posição social. A tradução audiovisual (TAV) teve como modalidades precursoras a legendagem e a dublagem, que objetivaram tornar acessíveis os diálogos e elementos estrangeiros inerentes à produção cinematográfica. Nesse sentido, muitas outras modalidades foram surgindo a partir das demandas das sociedades em conhecer o outro. Uma vez que entendemos que a tradução é, em sua natureza, uma forma de acessibilidade cultural, postulamos que a audiodescrição faz parte desse campo de estudo. Nesse sentido, o atual minicurso se propõe a abordar conceitos básicos do campo da TAV, dando enfoque a sua modalidade de tradução acessível: a audiodescrição.

Let’s talk in English, it’s your turn – Profa. Msnda. Edna Suzart

” Let’s talk in English, it’ s your turn” é um minicurso voltado para toda comunidade funcional da Uneb, visando o ensino e aprendizagem de noções básicas de como se comunicar em língua Inglesa em variados contextos. Voltado para uma abordagem comunicativa, acompanhada por atividades interativas, lúdicas e dinâmicas, o presente minicurso tem como objetivo permitir o desenvolvimento da fala usando básicas expressões presentes em nosso cotidiano.

 

Tarde

13:30 – 15:30 – Comunicações simultâneas

LOCAL: Salas de aulas a serem confirmadas

15:30 – 16h – Momento cultural (Canção Inglês/Francês)

LOCAL: A confirmar

16h – 17:30 – Conferência de encerramento – Profa. Dra. Edleise Mendes

LOCAL: A confirmar

17:30 – Happy hour: homenagem ao SELLES/coffee

 

Comissão Executiva: Risonete Almeida, Bárbara Carneiro, Jéssica Carneiro, Edna Suzart, Lucila Carneiro e Jacilene Moura.

Comissão Organizadora: Bárbara Carneiro, Jéssica Carneiro, Edna Suzart, Risonete Almeida, Lucila Carneiro, William Lima, Jacilene Moura, Pérola Bastos.

Comissão Científica: Margarete Santos, Manoel Barreto, Jamile Silva, José Carlos Félix, Márcio Santos, Jéssica Carneiro, Pérola Bastos.

Comissão Monitores: Edna Suzart, Lucila Carneiro.