Notícias

A UNEB reabriu, até o dia 19 de março, o período para que os estudantes, professores, gestores e técnicos administrativos da UNEB possam realizar a Autoavaliação Institucional, por meio de um questionário online, disponível no site www.sisform.uneb.br.

As questões do questionário, elaboradas com base nas 13 dimensões do Plano de Desenvolvimento, se referem à infraestrutura, assistência estudantil, ações afirmativas, gestão e inovação, entre outros temas.

“Esse processo oportuniza um momento de reflexão sobre as ações desenvolvidas pela universidade em diversos âmbitos. É um espaço onde todos podem avaliar a universidade, destacando os avanços e retrocessos, indicando potencialidades e fragilidades, e apontando anseios e perspectivas. Por isso o envolvimento de todos é muito importante”, destacou o secretário especial de Avaliação Institucional, Ivan Novaes.

A Autoavaliação Institucional é obrigatória e é conduzida conduzida pela Comissão Própria de Avaliação (CPA) da UNEB, um órgão autônomo e colegiado, formado por membros indicados por suas entidades representativas.

Entre as atribuições da CPA estão planejar, organizar e orientar os processos de autoavaliação; Estabelecer calendário de reuniões sistemáticas para acompanhar o desenvolvimento do processo avaliativo; Organizar relatórios; Divulgar os dados consolidados; e Disponibilizar relatório final aos órgãos internos da UNEB e órgãos oficiais da educação superior.

Os resultados do questionário online serão sistematizados em um relatório e integrado ao documento de Recredenciamento.

O que é, para que serve e qual meu papel no Recredenciamento da UNEB?

O processo de Recredenciamento tem como objetivo verificar se as Instituições de Ensino Superior (IES) atendem aos padrões necessários para a oferta de um ensino de qualidade e se oferecem as condições mínimas estabelecidas para sua inclusão na categoria no qual estão classificadas: universidade, centro universitário, faculdades integradas, faculdades, institutos e escolas superiores.

Além da Autoavaliação Institucional, também compõem esse processo a avaliação externa, realizada por uma comissão de verificação in loco do Conselho Estadual de Educação (CEE).

O último recredenciamento da UNEB aconteceu em 2012. Na ocasião, o Conselho Estadual de Educação (CEE) aprovou, por unanimidade, o Recredenciamento da universidade por mais oito anos, prazo máximo que pode ser concedido a uma instituição de ensino superior.

Concluído o ciclo previsto na última avaliação, a UNEB deverá encaminhar novo processo de solicitação de recredenciamento ao CEE/BA, acompanhado de Projeto Institucional que apresente as ações desenvolvidas nos últimos oito anos, descrição detalhada do seu funcionamento e de todas as condições que a habilitam na condição de universidade, conforme normas de avaliação específicas.

O processo de recredenciamento, conduzido por um Grupo de Trabalho (GT) – Portaria 108/2019 instituído pela Reitoria da universidade, demanda esforços conjuntos de gestores, docentes, discentes e servidores da universidade.

O GT tem como objetivo auxiliar a pesquisa, organização e redação do projeto de Recredenciamento. Suas principais atribuições são: Sistematizar as informações pertinentes ao processo e desenvolver análise reflexiva sobre as mesmas, organizando o Projeto de Recredenciamento; Articular com a CPA as informações e procedimentos necessários ao Relatório de Autoavaliação Institucional; Identificar as informações necessárias, levantar os dados e análises já produzidos na universidade, solicitando informações complementares aos setores responsáveis; Mobilizar e informar a comunidade em geral, sobre o processo de Recredenciamento na universidade; e Subsidiar o Gabinete da Reitoria na mediação junto ao CEE para as providências de recepção da Comissão de Verificação.

Quer saber mais sobre o processo de Recredenciamento da UNEB?
Acesse portal.uneb.br/recredenciamento.

Informações: CPA/Seavi – tel. (71) 3406-4604.